Posts from the ‘Eu Vi!’ Category

[Eu vi] Ele não está tão afim de você

E
Scarlett Johansson e Bradley Cooper no elenco? É claro que eu sentei no sofá para ver esse filme. Sou fã assumida de filmes do gênero e, com a reunião de tantos atores conhecidos, eu não poderia perder.

Sinopse:
Você realmente gosta deste cara, mas não consegue saber se ele gosta de você. Você inventa desculpas, decide que ele está confuso. Pare de se enganar. Existe uma explicação muito mais simples: ele não está afim de você. Esta é a lição que Gigi vai aprender. Romântica incorrigível, ela sai com Conor, que simplesmente não liga no dia seguinte. Quando ela vai à casa do bonitão, conhece Alex, colega de quarto de Conor e que tem uma visão muito clara sobre o mundo, empenhando-se em mostrar a verdade para Gigi numa viagem ao complicado mundo da mente dos homens. E esta história promete ficar ainda mais complicada: Conor está namorando uma cantora chamada Anna, mas ela gosta mais de Ben, que é casado com Janine. Que trabalha com Gigi. Coloque a chefe das duas, Beth, no meio da história também.

(…)
Continue lendo este post no Espada&Rosa

Anúncios

Minha série: The O.C

CALIFORNIAAAAAA, HEREEE WE COOOMEEEE

Vocês não sabem o quanto eu enrolei para escrever sobre The O.C.

Quando escrevemos o 1° “Como estragar uma série” eu pensei no quão lógico seria eu extravasar toda a minha revolta de O.C no post, mas fiquei enrolando por dias porque não encontrava palavras certas para iniciar o assunto. Hoje, depois de semanas, eu venho falar sobre a série que mais me marcou, me fez chorar e me deixou feliz. E não coloco na sessão “Como estragar uma série” porque não vou só falar de como a série chegou no fundo do poço, mas também de seus momentos de glória divina.

Leia mais…

Eu vi… Alice in Wonderland!

YEAH! Um dos filmes que eu mais queria ver estreou ontem aqui no Brasil e eu estava lá na sessão 3D de 14h50.

Contém pequenos spoilers.

Assim que eu cheguei em casa procurei algumas criticas do filme – que eu simplesmente AMEI – e não fiquei muito contente quando as li, por isso vou defender aquilo que foi mais criticado: a história.

Alice vai ser pedida em casamento, mas ela não quer se casar. Então, na hora do pedido ela vê um coelho branco correndo, deixa o lorde no vácuo, e sai correndo atrás dele. Êe! Dessa parte eu gostei bastante, admito. A cara do lorde-com-problemas-de-digestão foi ótima.

Depois vocês já sabem, certo? Ela segue o coelho até uma toca e caí lá dentro. No fim da (longa, longa) queda, Alice encontra-se em uma sala com várias portas e uma chave e…

Leia mais…

[Eu vi] Filme: (500) Days Of Summer

Porque o filme é ótimo em apenas três motivos:

1. Tem a Zooey Deschanel.

2. É uma comédia romântica diferente do gênero.

3. Começa assim:

“O filme a seguir é uma história de ficção. Qualquer semelhança com pessoas vivas ou mortas é mera coincidência.

Especialmente você Jenny Beckman.

Vaca.”

Sinopse: Quando Tom, azarado escritor de cartões comemorativos e românticos sem esperanças, fica sem rumo depois de levar um fora da namorada Summer, ele volta a vários momentos dos 500 dias que passaram juntos para tentar entender o que deu errado. 

Um das primeiras coisas que eu gostei no filme, é que o título não foi traduzido para algo como “500 dias de amor” ou “Surpresas do amor” ou “Algo com amor” como geralmente acontece com as comédias românticas aqui no Brasil.

“This is not a love story. This a story about love” (Essa não é uma história de amor. É uma história sobre o amor). É a frase que define muito bem o filme, que é narrado de forma não cronológica pelos 500 dias que Tom passou ao lado de Summer, desde que eles se conhecem no trabalho até o dia que Tom se apaixona por ela e os dois iniciam um relacionamento. O problema é que Summer não se apaixona por ele.

Divertido, romântico, diferente. (500) Days Of Summer é um filme que merece 5 estrelas por tudo! Atuação, roteiro, direção, trilha sonora… o filme é ao todo realmente muito bom. E quem já passou por uma situação dessas vai com certeza se identificar com Tom, nos momentos de raiva como “Eu odeio ela” e também quando tudo está perfeito e você tem vontade de sair cantando por aí.

[Foto do Dia] É o amor

Demi Lovato e Joe Jonas

Meu próximo retorno ao médico é em julho, que me lembra dia dos namorados. Para quem ainda tá solteira e com a idade avançando, isso faz a gente pensar que uma hora, alguém tem que bater a porta, e se possível, rápidinho …. (na minha primeiro, por favor).

Tendo esse pensamento de reflexão (ficarei para titia ou não?), chego em casa e ainda vejo a formação de novos casais. E pior, não sei o nome direito, porque é da nova geração de cantores …

Demi Lovato e Joe Jonas

Mas não faz mal … ficar para titia também é legal, né? Dia dos Namorados chegando, aquela data legal que fica depois da páscoa e do dia das mães. Vão se preparando …

Inté, :*

Garota Perdida foi procurar na Revista Capricho as fotos, e soube tudo no novo casal: Joe Jonas e Demi Lovato. Mas ele não tava com a Miley? Manda um oi para mim em garotaperdida-@hotmail.com

[Isso Irrita] A Mesmice do Oscar 2010

Oscar

De alguma maneira, eu assisto o Oscar, e sempre, acontece o esperado. Não que eu queira ver “Lua Nova” ou “17 Outra Vez” ganhando melhor filme e direção, mas a Academia poderia sair do óbvio ..

“Avatar” (eu não vi!) e “Guerra ao terror” (também não vi!) estavam na dianteira, concorrendo a nove categorias cada um. Se você acha que “Avatar” ganhou todas, é porque você não conhece a Academia. Claro que “Guerra ao terror” levou a melhor, pois a Academia sempre premia filmes com questões políticas. Uma vencedora do Oscar (não vou falar quem, mas começa com K e fez Titanic), só ganhou o tal quando fez uma papel de nazista. Aliás, filmes de guerra sempre ganham.

Voltando a Avatar X Guerra, todos colocaram uma rixa entre os dois filmes, pois “Guerra ao Terror”, foi dirigido pela ex do James Cameron, diretor de Avatar, Kathryn Bigelow. Mas parece que os dois se dão bem mesmo, e quem saiu melhor foi ela. (Prêmio antecipado pelo Dia Internacional da Mulher?)

Enfim, só fica a minha decepção da festa: ela sempre não me surpreende. Veja os ganhadores e mais fotos clicando no “more”.

Leia mais…

[Eu vi] Filmes gays românticos

Olá, amores ** Nesses dias, decidi que iria falar sobre filmes gays. Daí escolhi dois como exemplos pois são bem interessantes. Antes de tudo, queria dizer que sou hétero mas amo os gays mesmo. HUAHUA Enfim, o primeiro que gostaria de comentar é ‘’Imagine eu e você’’. É um filme lindo, de verdade. Uma moça chamada Rachel se casa com um rapaz chamado Heck e no dia de seu casamento, ela se apaixona por Luce, uma lésbica assumida que cuidava das flores do evento. Mesmo assim, ela não percebe sua paixão e se casa. Ao longo do tempo elas se aproximam mais e isso vai colocando dúvidas na cabeça de Rachel, pois pra ela, é tudo loucura. Assim, ela fica em dúvida entre seu casamento e sua paixão verdadeira. O filme não é pesado, não sejam frescos(as). Elas enfrentam a família e o marido de Rachel, fora sua própria consciência, que diz que isso é algo errado. Assistam, pois o final é demais!

O segundo filme é brasileiro e tem causado muita polêmica por aí: ‘’Do Começo ao Fim’’. É um filme que conta a história de dois irmãos por parte de mãe que são ’’próximos demais’’. Particularmente, achei tenso colocar dois irmãos. É minha opinião, e acho que incesto é uma coisa bem estranha. Enfim, o filme é um pouco triste e é interessante levantar essa questão para tentar quebrar alguns tabus. Thomás e Francisco sempre foram muito unidos na infância e seus pais logo perceberam isso. E já na fase adulta, resolveram assumir seu relacionamento, mesmo com todo o preconceito que existe hoje. Ah, o amor é lindo *-* -q   Realmente vale a pena conferir. ;)

Ps: Sou hétero mesmo, antes que falem algo! :)