Finalmente, depois de enrolar muito, aqui está a 1° super lista de moços bonitos da literatura. Vou deixar as introduções de lado porque já falamos das listas aqui no blog Bem pra lá de Nirvana, e agora vou me desculpar por não ter postado a lista sexta-feira.

O liveblogging prometido aconteceu! Começou às 19h20 no Bem pra lá de Nirvana. Era para ser feito aqui no Clube, mas um problema FROM HELL aconteceu, ficamos desesperadas, e acabamos postando lá no blog da Lari mesmo.

Não teve todo o glamour, brilho e sucesso que imaginamos porque bem, eu e Lari metemos os pés pelas mãos e fizemos muita coisa em cima da hora. Só ficou melhor e apresentável porque garotas SUPER legais como a minha companheira de blog, Polie, a Bell e a Cherry_B, e Liv participaram do live todo ao nosso lado <3  (não esquecendo da Nanda, Rayra e da Carol que apareceram também \o\).

Vocês podem ler o que conversamos no liveblogging aqui! Garanto que vão rir muito XD

A propósito, antes de começar a lista, queria dar o crédito do apelido “moços bonitos” à Nanda! Foi ela que começou a chamar nossos gatos dos livros assim.

E enrolando ainda mais para começar a lista, quero avisar que apesar das coisas não terem começado como queríamos, a dominação global não parou não… Da próxima vez, os erros que impediram que essa 1° lista não fosse postada com sucesso, não irão acontecer. Aprendemos direitinho agora, e a 2° lista vai ser muito, MUITO melhor!

Ainda não sabemos quando será postada a 2° lista, mas não vamos seguir o padrão de uma semana. E a surpresa é que gostamos tanto do liveblogging da 1° lista, que um dia antes de cada lista de ser postada, haverá outro liveblogging! AHÁ. Eu sei que você gostou disso. Assim, quem não pode participar do nosso primeiro live, poderá participar do 2° e por diante. E também poderemos comentar sobre os moços bonitos de uma forma mais espontânea.

Vamos então aos carinhas da super lista de moços bonitos da literatura #1:

Ow! Eu tô na lista. E eu sou o futuro marido da Nath, ok?

O primeiro moço é… PERCY JACKSON!

Tá, ele pode não ser o garoto mais perfeito e romântico e inteligente desse mundo, mas desde “O Ladrão de Raios” eu sou apaixonada por Perseu Jackson. Melhorando as coisas, quem interpretou o nosso herói nos cinemas foi o ainda mais fofo e pegável Logan Lerman. Ele é um dos meus futuros maridos, com certeza.

“Then up on Olympus,” I said, “when they wanted to make me a god and stuff, I kept thinking…”

“Oh, you so wanted to.”

“Well, maybe a little. But I didn’t, because I thought-I didn’t want things to stay the same for eternity, because things could always get better. And I was thinking . . .” My throat felt really dry.

“Anyone in particular?” Annabeth asked, her voice soft. I looked over and saw that she was trying not to smile.

“You’re laughing at me,” I complained.

“I am not!”

“You are so not making this easy.”

Then she laughed for real, and she put her hands around my neck.

“I am never, ever going to make things easy for you, Seaweed Brain. Get used to it.”

When she kissed me, I had the feeling my brain was melting right through my body.

Essa parte é a minha favorita, do último livro da série, The Last Olympian (O Último Olimpiano, em julho aqui no Brasil).

Comentário da Lari: Acho-me muito pedófila, sério. Super pedófila para falar a verdade. Tenho 16, afinal, ainda estou no 1º livro e, neste, o Percy ainda tem 12 anos. Então, vou apenas ressaltar as boas qualidades que o nosso bom Percy tem: ele é amigo, legal, fofinho, essas coisas. Bom, acho melhor passar a bola para a Nath já que eu realmente não tenho muito a dizer sobre o Percy (vou ler logo os outros para ele ficar mais velho e eu não me sentir pedófila).

O outro carinha é: Zach, de Sorte ou Azar?

Ao contrário da Lari, eu simplesmente amei Sorte ou Azar. Não é o meu preferido da Meg, mas Jean e suas loucuras me conquistaram o suficiente para levar o meu exemplar a ser autografado pela diva. Zach, é claro, é o melhor do livro. Fofo demais!

– Eu? – Ainda achava que não havia entendido direito. – Eu?
– Você, claro. – ele afirmou, incrédulo. – Jean, como pode não ter percebido? Tory percebeu. Por que você acha que ela ficou com tanta raiva? Esse tempo todo você ficava dizendo a ela, a mim, a todo mundo, que éramos só amigos, quando ser só amigos era a última coisa que eu queria. E Tory sabia. Ela via o que todo mundo podia ver, só de me olhar. Todo mundo menos você, pelo jeito. Que eu estava de quatro por sua causa… – A voz de Zach ficou no ar enquanto me olhava. – Ainda não acredita, não é?
Como eu poderia acreditar? Como isso poderia estar acontecendo – logo comigo?
– Era disso que eu tinha medo – ele suspirou. – Acho que você não me dá outra opção.
– Não dou outra opção a não ser… o quê? – berrei, alarmada.
– Isso.
E a próxima coisa que notei foi os lábios dele nos meus.
Acho que, para nosso primeiro beijos, foi bem atordoante. Bom, certo, talvez alguém como Tory, que está anos-luz à minha frente em sofisticação, pudesse ser beijada daquele modo e não perder completamente a cabeça.
Eu, por outro lado, não podia. Não que ele tenha me agarrado e grudado meu corpo ao dele, como Dylan, nas primeira vez em que me beijou. O beijo de Zach foi o mais gentil que se pode imaginar. Ele mal estava me tocando, a não ser onde seus dedos encostavam no meu ombro.
Mas mesmo suave, foi longo. O que se poderia chamar de prolongado.
E eu senti até os dedos dos pés.
Ah, senti.

Comentário da Lari: Ok, para mim, o Zach salva “Sorte ou Azar?” (a Jean não foi a minha personagem favorita da Meg ¬¬’). Ele, como todos os garotos da Meg, é fofo e engraçado, o que você quer mais? Além do mais, ele pode totalmente ser considerado o príncipe encantado que vai te salvar das garras da bruxa malvada( né, Tory?). Ele alimenta o meu complexo de cinderela, ainda é gostoso e oh, so sexy. Haha.

O terceiro moço é… Heath, de House Of Night

Apesar de não gostar tanto da saga de Zoey, a Lari colocou um moço de House Of Night na lista e como o Heath é um dos únicos motivos que me faz continuar lendo HoN (eu sei que alguma coisa ruim acontece com ele depois, mas não quero detalhes agora), o moço entrou para a lista.

“Sim eu sei. Você bebeu um pouco do meu sangue aquela noite. Foi… foi incrível. Eu não consegui parar de pensar sobre isso.”
Eu queria gritar de frustração. Eu não fui capaz de parar de pensar sobre isso também, não importava o quanto eu pensava. Mas não podia dizer isso a ele. Eu não diria isso a ele. Ao invés disso, eu finalmente olhei para ele e forcei minhas mãos a relaxarem. Só de pensar em beber o sangue dele fazia minha pele parecer apertada e quente. “Eu quero que você vá, Heath. Isso não é certo.” “Eu não me importo com o que as pessoas pensam, Zoey. Eu amo você.”

Comentário da Lari: Já o Heath é fofo, acho que ele só é fofo mesmo. Ele é daquele tipinho bêbado, mas bonitinho. Enquanto o Adrian tem motivos para beber, o Heath se esbalda na cerveja, coitado. Mas mesmo assim ele continua sendo aquela coisa gracinha, aquele jock não-típico dos livros e a Zoey nem ali para ele. Heath, se quiser, pode vir aqui, que eu te mando para o AA e te ajudo na terapia <3

Next: David, de A Garota America e Quase Pronta

Oh, David! Quando eu li A Garota Americana, pensei no David como um perfeito-moço-nerd-fofo que faria qualquer uma de nós se apaixonar. Ele é um primeiro namorado ideal, por isso está aqui na primeira lista.

A Garota Americana:

Amigos?
Não dava para acreditar. O David queria amizade. Comigo. Eu.
Com o coração disparado, me inclinei para a frente e escrevi:
Claro que sim.
Mal algo fez com que eu parasse. Não sei o que foi. Não sei se foi só porque eu finalmente tinha aprendido uma ou duas coisas com tudo que tinha acontecido, ou se foi a mão invisível do meu anjo da guarda, a srta. Gwen Stefani, que se esticou na minha direção e me deteve. Seja lá o que tenha sido, eu rasguei um outro pedacinho do canto do meu bloco de desenho. E, nele, escrevi, com o coração na garganta, mas com a plena certeza (eu simplesmente sabia) de que era agora ou nunca, e que tinha que falar a verdade:
Não. Quero mais do que amizade.

Quase Pronta:

De qualquer forma, ele caminhou comigo até a varanda na noite depois da nossa primeira aula de desenho vivo, e me puxou para as sombras Da Grande Weeping, uma árvore que tem na frente da varanda da minha casa – era um costume seu – e me pressionou contra o tronco da árvore.
Esse era outro costume seu. E eu tenho que dizer, ambos me agradavam bastante.

Comentário da Lari: Ele é fofo e sexy – de um jeito fofo, haha. No primeiro livro, a Meg só o mostra mais fofo, compreensivo e com um bom senso de humor. Check, check, check em três itens da lista de todas as meninas do mundo. Já no segundo livro, a gente vê um David mais “ui, me pressiona contra a árvore também!”, ou seja, um David super sexy (estou ouvindo outro lápis marcando um check!) e que não deixa aquelas outras características anteriores se perderem pelo caminho. Sério, quem não quer um David para si?

And the last… ADRIAN!

Eu sei que algumas (muitas) pessoas vão se perguntar porquê o Adrian está aqui na primeira lista, ao lado de Percy e Heath, por exemplo, mas acontece que tem um russo em Vampire Academy que tira TODA a minha atenção dele, do Christian, Mason, etc. E apesar de ele ser pegável, em Spirit Bound dá vontade de matá-lo…

I grinned in spite of myself. This close to him I could appreciate just how lovely the green of his eyes was. In fact, despite continually making fun of him, I couldn’t deny that the rest of him was pretty good-looking too. His fingers were warm on my wrist, and there was something kind of sexy about the way he held it. Adrian was sexy in his way.

Comentário da Lari: Pois é, gente, como acabamos de ver, o Adrian é sexy. Do tipo “oh, so sexy” para mim, haha. Acho que o Adrian tem um apelo grande já que ele é fofo, ele é bonito, ele é rico, e ele tem influência naquele mundo que a Richelle criou. Sem contar que todo mundo derrete quando ele chama a Rose de Little Dhampir (ou “dampirinha” na tradução brasileira), ele é simplesmente fofo! Todo mundo perdoa a bebeira dele e acha que poderia impedi-lo de fumar tanto, que seria a “Anna” dele (eu totalmente iria tentar, com ou sem a ligação, haha).

E é isso! Demoramos, mas chegamos à algo que realmente gostamos, e como eu disse lá em cima, a 2° lista não será feita com pressa, portanto vai ficar bem melhor. Assim que estivermos com tudo perfeito em mãos, anunciaremos o liveblogging da 2° lista e no dia seguinte ao live – que acontecerá no Bem pra lá de Nirvana -, a lista será postada aqui no Clube.

COMENTEM! Dêem suas sugestões, reclamem, digam oi! Eu e a Lari queremos ouvir a opinião de todas vocês :D

Anúncios