Eu ia colocar outro livro no dia de hoje, mas como era um livro que eu pelo menos tinha lido, decidi deixá-lo para outro dia. Não é que “A Exceção” seja um livro ruim – e se é, eu não sei dizer –, o problema é que não prendeu minha atenção em momento algum.

Só o comprei porque eu tenho um terrível problema de comprar qualquer coisa barata demais e que chame minha atenção. Achei o livro nas Americanas por R$9,90 e pronto, comprei. A capa é meio sinistra-diferente-bonitinha e a sinopse nem é tão legal, mas estava por R$9,90!

Demorei um pouco até começar a ler e depois que enfim o fiz, não fui muito longe. A narrativa do Christian é tão tão cansativa e arrastada e as coisas demoram tanto para se desenrolar que nem consigo dizer mais coisas sobre o livro porque apesar de no meu skoob estar como lido só cheguei até a página 105. E são nada menos que 560 páginas!

Um dia, de um mês qualquer, em algum ano, eu termino de ler. Mas enquanto isso vou pelo menos deixar a sinopse para vocês, e aí vocês é que sabem se colocam na listinha ou não:

Duas jovens trabalham com a análise e a divulgação de dados sobre movimentos genocidas que deixaram 60 milhões de mortos em todo o mundo. Elas dividem o escritório com o chefe e duas mulheres mais velhas: uma secretária de passado nebuloso e uma bibliotecária recém-contratada, alvo de inexplicáveis maus-tratos das colegas. A hostilidade e os desentendimentos aumentam quando as jovens começam a receber e-mails com ameaças de teor neonazista. As pistas indicam que o autor é um criminoso de guerra, mas, em meio a hostilidades contínuas, as duas acabam manipulando as circunstâncias para que a bibliotecária se torne a principal suspeita.

Então, esse é o livro que menos me fez ter atenção nele. Se você já leu ou quer ler, ou se ainda não o conhecia e agora quer conhecer, eu só posso dizer: Boa sorte! Hahaha.

Dia 1: Livro que eu mais gostei | Dia 2: Livro que eu mais odiei | Dia 3: Livro mais barato que eu já comprei | Dia 4: Livro mais caro que eu já comprei | Dia 5: Livro que mais me fez ter atenção nele. Amanhã: Dia 7 – Livro que eu mais recomendo (com a Garota Indecifrável).

Anúncios