Comprei esse livro na Bienal, ano passado, por indicação de uma amiga e posso dizer que…

Não entrou para a minha lista de favoritos, mas é um romance leve, divertido, que faz você pensar no quanto sua vida pode mudar de repente.

Sinopse: Em um dia de verão, Libby decide que vai conseguir um beijo para valer: um daqueles de perder o fôlego e deixar as pernas fracas. Quando ela acha que finalmente vai conseguir, sua família mais do que esquisita estraga tudo. Eles vão ter que se mudar para uma cidade no meio do nada, longe de todos. E quando Libby começa a pensar que seu beijo perfeito está perdido, um conselho importante cai do céu: será que parar de tentar controlar tudo é o segredo para consertar as coisas – e para finalmente conseguir um perfeito, maravilhoso, incrível beijo para valer?

O único livro da Mary Hogan que estava na minha wish list, era Garota Perfeita. Depois de ler várias críticas que não elogiaram muito bem o livro, tirei ele de lá e nem me dei ao trabalho de conferir a sinopse de Um Beijo Para Valer. Ainda bem que minha amiga insistiu tanto, que eu acabei comprando.

A leitura é rápida, demorei 2 dias lendo (tem só 304 páginas) e a narrativa da Mary – Libby, melhor dizendo – é descontraída e nos apresenta diálogos engraçados e inteligentes.

A história segue um caminho diferente do que você imagina quando começa a ler, no entanto, o fraco do livro talvez sejam os personagens. Libby é uma garota como todas nós que passa por situações difíceis, isso pode ser típico mas eu adorei ela. Sua família e a avó desconhecida até certo ponto do livro é que deixaram a desejar. O que dizer então do Warren? Esperava só um pouquinho mais dele…

Minha nota é 3 estrelas. Pode não ser “aquele” livro para mim, mas para você sim!

Anúncios